02 agosto 2018

Diário de Viagem: Estou me mudando para a República Dominicana pela AIESEC

Imagem do site Qual Viagem
Hello Cults!

Tenho uma super novidade para contar! Eu estou de mudança! Através da AIESEC, e do programa Talentos Globais, estarei dando aulas de inglês e português em uma escola de idiomas na República Dominicana. O programa vai durar 1 ano e começa agora em Agosto, dia 4 minhas malas já estarão prontas e eu já vou estar embarcando nessa aventura. Então, além de dividir isso com vocês, vim contar um pouco sobre a AIESEC, o programa que escolhi e o que eu vou fazer por lá.

O que é a AIESEC?

É um movimento de liderança jovem, cuja missão é alcançar a paz mundial e o total preenchimento das potencialidades humanas.

Sua visão é a de que devem ser acessíveis a todos e em todos os lugares, crescer disruptivamente e moldar o que fazem às necessidades do mundo.

A AIESEC encoraja aos intercambistas desenvolverem as seguintes habilidades durante seus intercâmbios: empoderar pessoas, autoconhecimento, serem orientados para a solução e serem cidadões do mundo.

Quais são os tipos de intercâmbio da AIESEC?

 

A AIESEC tem três tipos de intercâmbio: o Voluntário Global, o Talentos Globais e o Empreendedor Global.




Como o próprio nome já diz, o Voluntário Global, é o intercâmbio de voluntariado da AIESEC. Neste intercâmbio, o intercambista trabalha com ONGs e embarca em uma viagem de autoconhecimento, onde pode trabalhar a sua confiança e a capacidade de empoderar outras pessoas. Um valor deve ser pago a AIESEC, pelo apoio prestado e para ajudar a mantê-la. Além disso, nesse intercâmbio, todos os gastos são de responsabilidade do intercambista. Algumas vagas oferecem alojamentos.




O Talentos Globais (o meu programa), é um intercâmbio que dá a oportunidade de trabalhar em uma empresa global. Durante o tempo em que está trabalhando, o intercambista irá desenvolver liderança, trabalho em equipe, capacidade de solucionar problemas, empoderar outros e se conhecer melhor. Neste intercâmbio é preciso pagar também um valor para a AIESEC, e os gastos com visto, passagem e primeiro mês de trabalho são por conta do intercambista. Porém, há um salário (que depende da vaga) e em alguns casos a vaga oferece alojamento e refeições.


Já no Empreendedor Global, o intercambista vai ter a oportunidade de estagiar em uma Startup. Nele o intercambista vai desenvolver sua liderança, criatividade, habilidades técnicas, aprender a encarar desafios e viver a diferença. Como em todos os outros é preciso pagar um valor para a AIESEC para que continue funcionando e ajudando outras pessoas a realizarem seus sonhos. Algumas das vagas não possuem salário, ou seja todos os gastos do intercâmbio serão por conta do intercambistas, mas já vi algumas vagas que oferecem salário.

O que eu vou fazer? 


Foto de rabbitinternational.com
Estou indo para a República Dominicana através dos Talentos Globais. Lá, na cidade de Santo Domingo, vou estagiar em uma escola de idiomas ensinando Inglês e Português. Apesar de não ser minha área, já dei aulas de inglês antes e mais trabalhei nessa área do que como Engenheira. Eu amo aprender idiomas e acho muito importante outras pessoas aprende-los, por isso, ensinar me deixa muito feliz. Acredito que muito mais do que um acréscimo em seu currículo, saber outro idioma abre portas e trás infinitos conhecimentos para quem o aprende, por isso me anima muito ajudar outras pessoas através do ensino.

Caso tenham se interessado pela AIESEC e queiram saber mais sobre ela e seus programas, deixo aqui o link do site brasileiro e também do site de oportunidades.

Pretendo trazer aqui no blog e lá no canal, mais posts falando sobre a República Dominicana e tudo o que há por lá. Acho que aqui se inicia uma nova coluna, não é mesmo? Iria falar sobre a República Dominicana neste post, mas fiquei com medo de ficar muito grande e maçante, por isso fiquem ligados por aqui, em breve vou trazer uma postagem falando brevemente sobre o país e no futuro sobre muito mais que eu achar que deve ser compartilhado. Espero que tenham gostado!

Beijinhos e Até a Próxima!


Fonte das Informações: Site da Aiesec, as imagens com logos da AIESEC e seus programas, pertencem a mesma.

31 julho 2018

Resenha: Filha da Profecia - Juliet Marillier


Título: Filha da Profecia (Resenha de Filha da Floresta e Filho das Sombras)
Autora: Juliet Marilier
Editora: Butterfly
Número de Páginas: 640
Ano de Lançamento: 2014

Sinopse:
A história de Fainne, criada pelo pai, Ciarán, em uma terra distante. Ao se tornar adolescente, ela é visitada pela avó, a malévola feiticeira Lady Oonagh, que a obriga a embarcar em uma terrível missão: infiltrar-se na família, em Sevenwaters, e impedir que seu tio Sean e seus aliados reconquistem as Ilhas sagradas – invadidas há gerações pelos escandinavos.
Educada pelo pai usando seus dons de magia para o bem, ela, no entanto, agora se vê forçada a usar de artimanhas e maldade para atingir os objetivos de vingança de sua avó.

Em mais um livro da Trilogia Sevenwaters, podemos nos aventurar com mais um descendente da família de Sevenwaters. Agora participamos de uma aventura com Fainne, filha de Ciarán e Niamh.

Fainne cresceu em Kerry em meio a rochedos perto do mar, em uma formação rochosa que ela e o pai chamavam de Honeycomb. Isolados do mundo, só tinham companhia no verão quando viajantes chegavam aquela região. Niamh faleceu quando Fainne era muito nova, por isso ela foi criada pelo pai e ensinada os conhecimentos druidas e também a magia que herdaram de Lady Oonagh (mãe de Ciarán). Além de seu pai, seu melhor amigo era Darragh, filho do viajante Dan Walker, que lhe fazia companhia durante os verões e brincava com ela. A medida que crescia, mais responsabilidades eram impostas a Fainne e por isso nem sempre podia estar junto ao seu amigo, mas ela de certa forma se conformava com o seu destino.

Quando Fainne já contava com seus 15 anos, seu pai decidiu que ela deveria ir para Sevenwaters, a terra de sua família. Ela deveria voltar para os seus. Era inconcebível para a garota. Ela sabia o quanto seu pai e sua mãe sofreram ali, e pensar em se separar de seu pai estava fora de cogitação. Ciarán foi firme e nada o faria mudar de opinião, dito isso ele recorreu a mãe, a velha bruxa Lady Oonagh para ensinar Fainne a ser uma dama, para que então fosse enviada a Sevenwaters.

Lady Oonagh fez mais que ensinar Fainne a ser uma dama, a ensinou magias, a como seduzir um homem e muito mais. Tudo o que ela queria, era que a garota fosse instrumento de sua vingança contra aqueles que a derrotaram e humilharam no passado. Porque Lady Oonagh era uma santa né, só que não. Ameaçada e sem escolha, a jovem segue para Sevenwaters junto com a família de Dan Walker e seu melhor amigo Darragh. Fainne sabe que deve proteger o amigo de sua avó, e por isso mesmo que seu coração diga o contrário, tenta afasta-lo de todas as formas. Desta forma, ele acaba ficando para trás e ela segue para Sevenwaters onde colocará o plano malévolo de sua vó em prática.

Já em Sevenwaters, as coisas não são tão fáceis quanto Fainne achou que seriam. Embora tente, ela não consegue evitar e se apega as primas, principalmente as mais novas de quem ela acaba cuidando na maior parte do tempo. Aos poucos ela acaba também gostando de seus tios, e por vezes até mesmo esquece de qual é a sua missão ali, coisa que para o seu horror a avó faz questão de lhe fazer lembrar. Com ameaças a aqueles que ama, Fainne se vê obrigada a ceder aos caprichos da avó. E é assim que começa um jogo pelo poder onde é difícil saber quem sairá vitorioso.

Não me sinto nem um pouco decepcionada por Juliet Marillier, porque essa mulher não decepciona NUNCA. Filha da Profecia é um livro maravilhoso, como se pode esperar dessa trilogia que é um dos meus xodós. E claro que se tratando de Sevenwaters, a gente sofre muito lendo. Não vou mentir, eu ficava toda esperançosa em diversas partes, mas vinha Lady Oonagh e estragava tudo quando Fainne estava mais determinada. E confesso que as vezes irritava, Fainne prestes a fazer o que era certo, mas os planos iam por água abaixo... Mas é compreensível o quanto ela estava confusa e também a influência que sofria pela avó.

Falando em algo que me irritava, eu até perdi as contas de quantas vezes Darragh foi atrás de Fainne dizendo que precisava proteger e cuidar dela, mas para o bem dele, ela sempre o mandava embora. Uma mistura de irritação e sofrimento era o que eu sentia nessas horas, mas era necessário para a trama. Fainne pode levantar as mãos pros céus e agradecer, pois um homem como Darragh não se encontra em qualquer lugar, e é mais difícil ainda de se encontrar na vida real, embora com certeza devam existir.

Como sempre, Juliet Marillier desenvolveu o romance de forma leve e sutil, sem nada forçado e muito menos sem colocar este como o foco da trama. O foco deste livro estava nos planos de Lady Oonagh e na grande batalha que ocorreria para reconquistar as ilhas que pertenciam ao povo de Sevenwaters. O livro é desenvolvido com excelência e podemos ver as mudanças dos personagens dos outros livros e também o que permanece intacto em suas personalidades. Sempre é muito bom conhecer personagens novos cativantes como as filhas de Sean e Aishling, e rever personagens que pudemos conhecer pouco pois eram muito jovens, como Johnny.

Filha da Profecia é apaixonante e faz com que haja uma imersão do leitor no livro, vivenciando juntamente com os personagens as aventuras, emoções e sentimentos. Fez com que eu ficasse com a sensação de que preciso ler mais, e já possuindo o quarto livro, da trilogia que virou série, aqui no Brasil, não hesitarei em lê-lo assim que puder.

A capa e diagramação são lindos, seguindo o padrão dos outros livros. O material do livro é de excelente qualidade e as páginas amareladas cooperaram para que se pudesse ter uma leitura agradável e fluída. Mais uma vez, recomendo que leiam essa série e venham conversar comigo!

Nota:


Fogo é algo terrível. Começa com uma pequena faísca, mas cresce e se espalha até se tornar invencível, varrendo e consumindo tudo que encontra pela frente. Se não é combatido a tempo, toma proporções incontroláveis. - Pág. 213
- Durante muito tempo - ele continuou -, eu jurei que jamais seguiria o caminho comum, como ter uma família ou pertencer a uma comunidade, julgando que tudo isso oferecia grandes riscos. Os laços do amor são muito fortes. Causam dores muito maiores que o sofrimento do corpo e dilemas que só são resolvidos depois de muita angústia e perdas. - Pág. 442
Somos parte de tosas as maravilhas da natureza, ligados a ela como um filho é ligado à mãe. Se não as conhecemos, não poderemos comhecer a nós mesmos. - Pág. 599

27 maio 2018

Resenha: Kimiom de Merídia - Caio Galeno


Título: Kimiom de Merídia
Autor: Caio Galeno
Editora: UpBooks
Número de Páginas: 204
Ano de Lançamento: 2017
Livro cedido em parceria com a editora.

Sinopse:
Em uma nação autocrata, onde um imperador dita o desejar e pensar de seu povo, Kimiom vive uma vida triste, pobre e alienada. Sem pai, Kimiom, junto à mãe, assume a própria casa e luta para sustentar seus dois irmãos mais novos.
Quando Sino, seu odiado primo, encontra Kimiom, a sua mãe não pode mais evitar: está na hora do garoto cumprir seu destino. Sino o guia, enquanto Kimiom é pressionado a se levantar como símbolo de uma revolução e centro de acontecimentos que mudarão seu universo para sempre.
Destinado a ser algo que não compreende, ele lança-se ao inexplicável para saber quem realmente é: uma arma, um salvador, um desastre, um monstro, um erro, um peão? Com grandes poderes vêm responsabilidades inimagináveis, e Kimiom sentirá na pele o compromisso que tem com a humanidade, assim como o autor sente seu compromisso de dar ao leitor uma bela história.

16 abril 2018

Resenha: Tudo O Que Mais Importa - Naiara Aimee


Título: Tudo O Que Mais Importa
Autora: Naiara Aimee
Editora: UpBooks
Número de Páginas: 250
Ano de Lançamento: 2018
Livro Cedido em Parceria com a Editora.

Sinopse:
"De um interesse egoísta surge o mais sincero sentimento de amor"
Logo após a morte da mãe, Edward Radford é levado, pelas circunstâncias impostas, a acolher em sua propriedade as pobres e órfãs irmãs McCarthy. A contragosto ele acaba cedendo, mas não se mostra nem um pouco à vontade com isso. Ao perceber que as irmãs são um incomodo para ele, Jane McCarthy, a mais velha, decide levá-las de volta a Chesterfield. Com essa ameaça iminente e a chance de perder parte de sua herança, Edward é obrigado a traçar novos planos e percebe que para ter as irmãs consigo será necessário conquistar a confiança de Jane, o que irá se mostrar uma tarefa bastante árdua, dado as fortes convicções dela, sua crença inabalável e seu gênio forte.
Esse é um romance de época que envolve não só uma linda história de amor, mas também traz o relato das dificuldades enfrentadas pelas mulheres sem proteção, da pobreza, e da praga que infectou as plantações de batatas no período de 1845 a 1849, deixando um rastro de dor e miséria.

Em Tudo O Que Mais Importa, somos apresentados as irmãs McCarthy, 5 donzelas que vivem uma vida simples após a morte dos pais e o irmão ter fugido com todo o dinheiro que tinham. Elas fazem compotas e doces para sobreviver, e com a dedicação e amor das irmãs mais velhas Jane e Anna são ensinadas sobre princípios e também a confiar em Deus.


Edward Radford era um homem amargo e perseguido pelos fantasmas do passado, quando sua mãe morre é pego de surpresa pelos termos por ela impostos para que ele receba toda a herança. Ele precisa levar as irmãs McCarthy para viver com ele e cuidar delas. 


Definido isso, seu advogado vai até as irmãs e lhes entrega a proposta. Jane reluta bastante em aceitar a proposta, apesar das mais novas quererem muito. Porém, pensando nas possibilidades que isso poderia abrir para as irmãs mais novas, ela permite que todas vão, mas se recusa a ir dizendo que precisa organizar algumas coisas antes disso. Sendo assim, Anna, Kimberly, Kristen e Dayse seguem sozinhas para Worthen


Jane não tinha nenhuma intenção de sair de onde morava, porém Dayse fica doente e usando deste pretexto, Radford pede para que busquem Jane, pois acha que a pequena Dayse pode estar doente pela falta da mais velha. Desesperada, a irmã segue para Worthen, sofrendo um acidente no caminho e acaba resgatada por Edward. 


Vivendo em Worthen e convivendo com todo o tipo de gente, as irmãs McCarthy passam por muitas coisas, conhecendo amor, sofrimento, intrigas e tudo mais, mas sem nunca abalar sua fé. Edward que antes tinha o coração tão fechado, começa a quebrar suas barreiras e perceber que o grande amor que sente por Jane e o carinho enorme que sente pelas outras irmãs. Mas tudo pode se perder, caso descubram o real motivo para que elas estejam ali.


Este é o primeiro livro de época da Editora Upbooks, e estão de parabéns, tanto a editora quanto a autora Naiara Aimee. A obra está longe de ser chata e tediosa, e trás uma certa familiaridade durante a leitura. Enquanto lia, sentia que conhecia as irmãs McCarthy de algum lugar. Os personagens são cativantes e nos envolvem de uma forma inexplicável, fazendo com que se sinta um carinho especial por cada um deles. Ao contrário do que parece pelo que descrevi do livro, a autora não focou apenas em Jane e Edward. Desse modo durante a leitura podemos ver o desenrolar e desfecho para cada um dos personagens, o que foi muito legal, pois nos apegamos a cada um. E particularmente, eu gosto de saber o que aconteceu com "tal" personagem depois de tudo.


A diagramação do livro é linda e cheia de mimosidades, como eu sempre falo aqui que eu adoro. No entanto em alguns momentos, bem pequenos, eu senti que o excesso de informações na diagramação atrapalhou um pouco na leitura. Outra coisa que incomodou um pouco, foram alguns errinhos como palavras com letras a mais, ou com erro de digitação, mas não é nada gritante e que impeça a realização de uma boa leitura. A capa é muito linda e digna do livro, nem preciso dizer que fiquei apaixonada. E como sempre o material do livro é de alta qualidade, não decepcionando em nada. 


Nota: 


- Humildade, senhorita, não é defeito, mas qualidades apreciáveis que tornam o caráter do ser humano um dos mais admiráveis, conferindo-lhe uma honra inestimável. - Pág. 15
[...] Ele estava indo longo demais e não podia permitir que fosse assim. Ele não queria magoá-la e nem magoar a si, mas sabia que se a deixasse entrar era isso o que iria acontecer. - Pág. 94
Jane sorriu. De alguma maneira, sentia como se Deus estivesse consolando-a e sabia, no âmago do seu ser, que Ele seria com elas e não as desampararia. Tudo ficaria bem no fim das contas e a perspectiva do futuro não devia acovardá-las. - Pág. 165

21 fevereiro 2018

Resenha: O Diário de Anne Frank


Título: O Diário de Anne Frank
Autora: Anne Frank
Editora: Record
Número de Páginas: 416
Ano de Lançamento: 2014

Sinopse:
Nova edição com capa dura de um dos livros mais importantes do século XX.
O depoimento da pequena Anne Frank, morta pelos nazistas após passar anos escondida no sótão de uma casa em Amsterdã, ainda hoje emociona leitores no mundo inteiro. Seu diário narra os sentimentos, os medos e as pequenas alegrias de uma menina judia que, como sua família, lutou em vão para sobreviver ao Holocauto.
Lançado em 1947, O diário de Anne Frank tornou-se um dos livros mais lidos do mundo. O relato tocante e impressionante das atrocidades e dos horrores cometidos contra os judeus faz deste livro um precioso documento e uma das obras mais importantes do século XX.
Edição de luxo com capa dura.
Com a menção de Anne Frank no filme A culpa é das estrelas, o livro despertou interesse no público jovem, ficando diversas semanas entre os 100 mais vendidos no país de acordo com a Nielsen.
Mais de 420 mil exemplares vendidos no Brasil.
O relato pessoal mais emocionante sobre o Holocausto continua surpreendendo e impressionando! The New York Times

19 fevereiro 2018

Resenha: Reflexões para dias desafiadores - Elisabeth Santana


Título: Reflexões para dias desafiadores
Autora: Elisabeth Santana
Editora: Upbooks
Número de Páginas: 130
Ano de Lançamento: 2017
Livro cedido em parceria com a editora.
Adicione ao Skoob

Sinopse:
Nessa obra Elisabeth Santana faz narrativas autênticas de como Deus trabalhou em seu íntimo, o seguinte verso: “Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito.” Romanos 8.28 NVI

Reflexão para dias desafiadores descortina-se com o frescor de esperança, em dias que ouvimos um não quando ansiamos por um sim, ou quando a indecisão insiste em ficar, a vergonha tenta atormentar, os sonhos parecem se distanciar, esses são os dilemas que a vida nos propõem , mas ao olharmos como olhar de Deus perceberemos que há um propósito para tudo que vivemos.

E ouvir Sua doce voz, nos encoraja a recomeçar novamente, a enfrentar travessias que nos levam para mais perto do Pai. Desafios existem para serem transpostos pela força e dependência de Deus.

Ser lapidada por Suas mãos, para depois brilhar a Sua luz por onde Ele nos levar. Todos os dias somos desafiados, mas como reagiremos frente às variadas situações? Essa reação fará toda a diferença para superar limites e inspirar outras pessoas.

17 janeiro 2018

Resenha: Um Sonho de Amor - Hezaro Viana


Título: Um Sonho de Amor
Autor: Hezaro Viana
Editora: Upbooks
Número de Páginas: 250
Ano de Lançamento: 2017
Livro cedido em parceria com a editora.

Sinopse:
Uma linda jovem. Um sonho. E uma mãe amargurada.
A mãe de Louise, uma fanática religiosa, não consegue aceitar seu sonho de se tornar uma modelo famosa. Seguindo a promessa de entrar no mundo da moda, a jovem foge da perseguição e julgamento da mãe e paga um grande preço, caindo nas mãos de perigosos criminosos.
Em seu maior desespero, o empresário Olavo e o policial Esdras virão em sua ajuda, mas Louise não tem um lar para onde voltar, sua mãe a expulsou de casa, fazendo com que sua única alternativa fosse morar na casa de Esdras, que lhe declara seu amor.
Uma emergência familiar leva a família de Esdras para a pequena cidade de Aurora e Louise não estava preparada para as surpresas que a aguardavam ali. Vamos acompanhar a saga desta moça corajosa, que enfrentou vários problemas e sofrimentos, conseguindo nunca abrir mão de seu sonho de amor.

15 janeiro 2018

Resenha: Alice no País do Amor - Lucilla Guedes


Título: Alice no País do Amor
Autora: Lucilla Guedes
Editora: Chiado Editora
Número de páginas: 222
Ano de Lançamento: 2015
Livro cedido em parceria com a editora.

Sinopse:
Instruções: Siga a trilha do coelho branco e “caia de amores” por esta história em que conquista, paixão, personagens pirados de filmes, gurus do amor e anciãos malucos se misturam, trazendo situações engraçadas, revelações e muito, muito romance...Alice é uma advogada beirando os trinta anos, que mora em Curitiba e sonha com o verdadeiro amor. O problema é que ela é apaixonada – desde menina – por Max (atual namorado de sua melhor amiga, Helen), nutrindo, por ele, uma paixão platônica.
Esse sentimento se reacende na época da faculdade quando o reencontra como professor do curso de Direito. Alice resolve não revelar que fora sua vizinha quando criança e inicia um flerte com Max, mas a história toma outro rumo quando ele conhece Helen e eles começam a namorar.
Sofrendo com essa paixão não correspondida, Alice conta sempre com o apoio de Alan, seu amigo e confidente, mas vê evaporarem suas últimas esperanças ao saber que Max pediu Helen em casamento. Abalada com a notícia, com a autoestima “no pé” e tentando “dar a volta por cima”, Alice decide ousar, com um vestido pra lá de provocante, justamente na festa de aniversário à fantasia de Helen (em que quase todos estão vestidos como as personagens de Alice no País das Maravilhas) e então desperta — novamente — o interesse de Max, que tenta seduzi-la.
Será que Alice conquistará o homem dos seus sonhos?

15 dezembro 2017

Sorteio de Natal Blogueiras Unidas


Hello Cults!

O fim do ano está chegando e o Grupo Blogueiras Unidas (Blogs As 1001 Nuccias, Entre Livros e Pergaminhos, CuraLeitura e Clube do Livro e Amigos) quer comemorar o ano incrível que 2017 foi e torcer para que 2018 seja muito mais junto com vocês!

Daí, convidaram uma galera linda, incluindo o Cantinho Cult, para participar de um sorteio coletivo de responsa!

Venham com a gente!

11 dezembro 2017

Resenha: Dois Mundos (Tesouros da Tribo de Dana #1) - Simone O. Marques


Título: Dois Mundos (Tesouros da Tribo de Dana #1)
Autora: Simone O. Marques
Editora: Butterfly
Número de Páginas: 256
Ano de Lançamento: 2016 
Livro cedido em parceria com a Butterfly Editora.

Sinopse:
Num futuro distópico, Marina é uma jovem brasileira que carrega a força e os poderes de três grandes deusas celtas. Ela é aquela que cria, acolhe e mata. Protegida por guerreiros, perseguida por mortais e desejada por deuses, precisa encontrar os míticos tesouros da Tribo de Dana se quiser salvar o que restou do mundo...
Ano de 2021. A Terra está devastada e poucos são os sobreviventes. No Brasil, grupos se reúnem em pequenas vilas em torno da água potável. O oásis neste caos fica na Chapada dos Veadeiros, na Fazenda Tribo de Dana, onde vive um povo guerreiro que acredita tudo ser parte dos planos da Grande Mãe. Neste paraíso vive Marina. Considerada o avatar de três grandes deusas celtas, precisa lidar com poderes diversos de cura, vida e morte. Ao abrir o véu que separa o mundo de mortais e deuses, a jovem liberta antigas divindades. E dois domínios distintos estão prestes a colidir quando ela descobre que detém nas mãos o destino da humanidade.