03 julho 2015

Resenha: Desafio - C.J. Redwine


Sinopse: No interior das muralhas de Baalboden, à sombra do brutal Comandante da cidade, Rachel Adams guarda um segredo. Enquanto as outras garotas fazem vestidos e obedecem a seus Protetores, Rachel é capaz de sobreviver nas florestas e de manejar uma espada com destreza. Quando seu pai, Jared, é declarado morto em uma missão, o Comandante designa para Rachel um novo Protetor: Logan, o aprendiz de seu pai, o mesmo rapaz a quem Rachel declarou o seu amor há dois anos, e o mesmo que a rejeitou. Com nada além da forte convicção de que seu pai está vivo, Rachel decide fugir e encontrá-lo por conta própria. Mas uma traição contra o Comandante tem um preço alto, e o destino que a aguarda nas Terras Ermas pode destruí-la.

Impressões: É um ótimo livro que te prende do começo ao fim, com uma história diferente e inovadora. Seguindo a linha distópica onde não existe um mundo perfeito e pessoas tentando sobreviver a um governo/líder tirânico. Após tudo ser destruído, pequenas cidades foram construidas e estas possuem leis e maneiras de viver para proteger os seus habitantes de um inimigo que esta além das muralhas. Uma sociedade com concepções um tanto quanto medievais é criada e é neste mundo em que a história se passa. O pai de Rachel é um rastreador, o melhor deles, e quando ele não retorna por um longo tempo o declaram morto. Rachel então precisa ser designada a um protetor, esperando que seu protetor seja Oliver que a trata como neta, ela acaba sendo designada para Logan, de quem ela sente muita raiva por a ter rejeitado. Rachel não se conforma com a morte do pai e resolve que precisa ir atras dele encontra-lo. Junto com Logan traça planos e muitas coisas acontecem para que consigam cumprir seus objetivos.
Rachel é uma personagem com personalidade de heroína, diferente das outras mulheres de Balbooden ela sabe se defender e não aceita que nenhum homem a proteja, ela ao contrário das outras mocinhas não sonha com o dia de sua toma (cerimônia em que alguém a tomara como esposa) e também não foi criada para ser a dona de casa perfeita que borda, costura, limpa a casa e faz a comida. Logan, como deveria ser, tem todo o charme que um personagem masculino pretendente da mocinha deveria ter. Ele é protetor, corajoso, inteligente e um amor (quando quer). Oliver é aquele personagem que não tem como amar, ele é amigo da família de Rachel e tem um amor de avô por Rachel e Logan. Ele faz de tudo por eles e a ponto de arriscar a própria vida para ajuda-los.
É um livro inovador, com uma história bem diferente do normal. Gostei bastantes desse mundo, mas acho que a autora precisa melhorar um pouco a sua escrita na questão dos detalhes, muitas coisas não tem uma descrição muito boa, por exemplo eu fiquei uma boa parte do livro imaginando Rachel usando calças por causa de sua personalidade, mas só depois de muita páginas é que fui descobrir que Rachel na verdade usava vestidos, na verdade levou um bom tempo para que eu descobrisse que a história se tratava de um mundo meio medieval.
Apesar de a descrição de algumas coisas não ser muito boa, gostei do livro e de sua história que achei bastante original. O livro faz parte de uma trilogia, mas infelizmente os outros dois livros ainda não foram lançados no Brasil. Não vejo a hora de ler os outros dois.
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Eu li esse livro no comecinho do ano e gostei muito! E acho que já deviam ter lançado o próximo aqui no Brasil, afinal eu quero muito saber o que vai acontecer depois daquele final (que inclusive me surpreendeu).. *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa! Eu também li ele no começo do ano, ganhei em um amigo oculto. Achei muito bom o livro e o final foi tipo uau mesmo! Gostaria que o próximo livro já estivesse lançado aqui no Brasil, mas perguntei para a C.J. Redwine no facebook e ela me disse que o segundo vai sair em 2017 e o terceiro só em 2018. Sim vai demorar demais :'(

      Excluir