24 abril 2016

Resenha: A Jovem Alessia - Louise Bennett


Título: A Jovem Alessia
Autora: Louise Bennett
Editora: Forsaken
Número de Páginas: 378
Ano de Lançamento: 2016
Ebook cedido pela autora.

Sinopse:
França, século XVIII. Alessia é uma jovem simples e inocente, que vive numa fazenda vinícola com o pai, um conde amargurado que não tem carinho pela filha. Convidada pela princesa Anna, Alessia vai passar uma temporada na corte do rei Henri, seu padrinho, e lá se apaixona pelo jovem capitão Marcus de Lanpré, principal oficial da guarda real e braço direito do rei. Sofrendo por um amor impossível, já que era nobre e Marcus, um plebeu, Alessia enfrentará muitos obstáculos. Há lutas de espadas, festas, bailes, guerras, intrigas e um final inesperado! A descoberta do amor e do sexo, a vida conjugal e o valor das amizades, em meio a conflitos pessoais e familiares, recheiam este romance. Embora os muitos diálogos utilizem as formas verbais da segunda pessoa para dar um toque de época, o livro é fácil de ler, apresentando uma narrativa rápida.
O livro foi escrito com inspiração em antigos e consagrados romances juvenis da literatura internacional, tais como: “O Conde de Monte Cristo”, “Mulherzinhas”, “Ivanhoé”, etc., mas traz seguramente a marca da modernidade. As situações retratadas no livro não descrevem nenhum trecho da verdadeira história da França ou das famílias reais que lá viveram. No entanto, os detalhes históricos, principalmente sobre sucessão monárquica, sobre história dos costumes e outros de maior relevância, foram minuciosamente pesquisados com o intuito de dar veracidade à história.
Critíca:

Em A Jovem Alessia, temos a estória de Alessia uma jovem filha do Conde DuChamp que muito a maltrata e despreza. A jovem vive em uma fazenda isolada e não tem muito contato além do que tem com os empregados. Um dia vai a cidade com Emilie sua criada e seus olhos recaem sobre Marcus De Lanpré e se encanta com este, porém ela também não passa despercebida aos olhos de Marcus que também se encanta com ela. Apavorada por ver que este a encara, Alessia sai correndo e foge para a fazenda.

Ela não volta a cidade, até que o seu pai recebe uma carta do rei os convidando para a festa de aniversário da Princesa Anna que é muito amiga de Alessia desde a infância e a considera como a uma irmã, sempre a chamando de irmãzinha. Sendo um pedido irrecusável, o Conde envia a filha para passar um tempo no castelo e participar da festa da princesa. Lá Alessia descobre que Marcus faz parte da guarda real e que é da mais alta confiança do rei, que é padrinho dela, e portanto vão acabar se encontrando. A partir de então, Marcus faz de tudo para conquistar a jovem e eles acabam vivendo um grande romance.

O livro é dividido em duas partes, na primeira temos o desenrolar do romance entre Alessia e Marcus e a conclusão deste com o casamento dos dois. Na segunda parte temos a vida do casal, as dificuldades que enfrentam, segredos revelados e muita trama para ser desenvolvida.

Confesso que quando acabou a primeira parte, eu fiquei meio sem saber o que esperar da segunda parte, pois o mocinho e a mocinha já haviam ficado juntos. E até imaginei que a segunda parte seria focada em Anna, já que tem algo na primeira parte que nos deixa muito intrigados sobre ela. Porém na segunda parte a trama continua girando em torno de todos os personagens. E ao ter todas as revelações deu pra entender a necessidade de uma segunda parte. Confesso também que o começo da segunda parte foi bem devagar para mim e monótona, mas a medida que as informações iam de encaixando e montando o quebra cabeça, eu comecei a gostar mais dessa parte.

Uma coisa que não gostei muito na segunda parte e que me deixou muito chateada com Alessia (vem um mini spoiler aí, se quiserem pulem esse paragrafo) é que ela ficou mais preocupada com o marido do que em cuidar do filho dela de um ano em determinada situação. Primeiro foi inconsequente de querer ficar em um lugar perigoso com o marido, ao invés de pensar "vou seguir as instruções dele e me proteger com meu filho, afinal ele precisa de mim". Depois ela ficou sem comer, sem dormir e só lá esperando pelo marido. Tudo bem que ela tem empregados para cuidar do menino? Tudo bem. Mas crianças nessa idade ainda estão amamentando e precisam do carinho e companhia da mãe. Não sou mãe, mas acho que nessa situação, mesmo abalada, mesmo preocupada e mesmo triste, eu tentaria me manter forte pelo meu filho. Mas essa falta logo depois foi recompensada com várias participações do pequeno Arthus e várias demonstrações de que Alessia é uma boa mãe.

Adorei a escrita do livro, é bem leve apesar de detalhada e muitas vezes parece que o livro esta conversando com você. Apesar do linguajar meio antiquado, que da mais realidade ao livro, temos várias partes bem humoradas que quebram essa formalidade. Sinceramente, amei a amizade entre Alessia e Louis, as provocações e piadas entre eles eram hilariantes. Mas é claro que eu também gostei da amizade de Alessia e Anna, e entre Marcus e Louis.

As revelações bombásticas do final do livro, tenho que dizer que a primeira eu já desconfiava um pouco, e a segunda eu tinha certeza a partir do momento que irmã chata do Rei Henri fez um escândalo. Mas mesmo assim eu fiquei de boca aberta na hora das revelações haha.

A diagramação estava linda com delicadas espirais nas páginas. Adorei a fonte utilizada, principalmente a do titulo dos capítulos. Achei a capa muito bonita, apesar de eu não conseguir imaginar nem Marcus e nem Alessia daquela maneira e de imaginar as roupas da época de maneira bem diferente. Encontrei poucos erros de português no livro, não incomoda e dependendo da maneira como você ler é capaz de nem perceber.

Alessia não almejava tanto. Não almejava o coração de todos, nem mesmo almejava o coração de um nobre. Apenas ansiava conhecer melhor determinado cavalheiro que não saía de seus pensamentos desde a primeira vez que o vira. - Pág. 45
Emilie benzia-se a todo instante; imaginava estar o conde possuído por alguma entidade satânica tal era a raiva que demonstrava. Ela não podia imaginar por que o conde dizia tamanhos impropérios à filha; a pobre moça sempre tinha sido tão bondosa e, à exceção daquele dia, nunca tinha confrontado o pai. De onde tirava o conde tanto ódio? - Pág. 120
Tinham dito que não haviam amizades sinceras na corte. Mas isso não se aplicava a Louis. Ele era um amigo verdadeiro, uma pessoa boa e caridosa, que sempre apoiara os dois jovens nos momentos mais difíceis pelos quais haviam passado. - Pág. 305
Nota:



Comentários
21 Comentários

21 comentários:

  1. Oi Pamella, essa é a segunda resenha que leio desse livro e estou cada vez mais motivada a fazer essa leitura. Quero muito conhecer a escrita da autora, e é bom saber que apesar de detalhada consegue ser leve também. Adorei os quotes que você colocou.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  2. Oie, adorei a sua resenha e já fiquei com muita vontade de ler esse livro. Gostei de saber que não gira somente em torno de um romance de se apaixonar, casar e fim e sim tem muito mais coisas depois do casamento, dificuldades e segredos. Também gostei muito do cenário que foi desenvolvido, A frança antiga, e gostei de saber que a autora pesquisou muito toda a história de monarquia e costumes, isso sempre dá um charme a mais para a obra. Já fiquei querendo ler, e essa é a primeira resenha que vejo do livro.

    ResponderExcluir
  3. Olá Pamella,
    Gostei bastante da sua resenha, não tinha conhecimento prévio nem da autora e nem do livro, mas sua resenha me deu motivos para realizar a leitura. Gosto de romances de época, geralmente são leituras agradáveis. Gostei de saber que ao mesmo tempo que segue a formalidade tem alguns momentos descontraídos o que deixa a leitura bem mais agradável.
    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Hey Pamella, tudo bem?
    Não conhecia esse livro!! Mas pela sua resenha e sabendo da premissa acho que iria adorar a leitura, já que estou numa vibe romance de época <3 Parece ser aquele tipo de narrativa que acontece um monte de coisa, e gosto disso... Vamos ver. Espero ter a oportunidade de ler num futuro próximo! :D
    Beeijos
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi Pamella, gostei das suas considerações, as não me empolguei muito em ler o livro, mas anotei a dica ara quem sabe no futuro, conhecer esta história. Gostei de saber que a escrita mesmo leve, traz bastante detalhes.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Fiquei bem curiosa a respeito desse livro, porque a mocinha e o mocinho ficam juntos na primeira parte. Fico pensando o que será que vem por ai depois disso, na segunda parte no caso. Já li algumas resenhas desse livro e sempre elogiam a escrita da autora e isso sempre ganha pontos comigo. Já tinha anotado o nome do livro anteriormente e a tua resenha veio para reforçar que eu preciso lê-lo haha ainda mais com essas tais revelações. rs.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  7. Ola Pam eu adoro romances de época, essa capa está linda, o fato do livro ser dividido em duas partes com o antes e depois deles estarem juntos não sei se irá me agradar muito, espero que as revelações dos segredos sejam impactantes. Dica anotada. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  8. Olá Pamella,
    Achei a ideia do livro interessante. Achei diferente ela ter escrito duas partes com fim. Porque, por exemplo, a primeira parte termina com o casamento dos dois, então, não teria 'motivo' para termos uma segunda parte, apesar de eu achar a ideia interessante.
    Não consigo imaginar quais revelações são essas, nem se acharia previsível, mas, se mesmo sendo previsível te deixou boquiaberta, devem ser boas rs.
    Anotei a dica porque fiquei curiosa.
    Espero ter a oportunidade de ler em breve.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  9. Oiii!

    Não conhecia esse livro, achei o enredo ótimo e mesmo com esse detalhe da personagem não ser tão forte assim, eu acho que a leitura seria agradavel.
    Eu não sei como agiria, mas tentaria passar uma segurança maior do que estou sentido sabe;
    Gostei da sua resenha e da sua sinceridade.
    A capa é linda e simples, me ganhou.

    Ps: pena que a revisão falhou né?

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  10. Oi *---*

    Estou com esse livro para ser lido e acho que irei curtir bastante principalmente porque amo um bom romance de época. Adorei saber que a escrita da autora é tão boa assim e que você a sensação de conversar com o livro. Muito legal esse feito. Espero curtir tanto quanto você.

    Bjos
    http://rillismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi
    Não conhecia o livro, mas achei bem interessante a história.
    Apesar de não ser uma grande fã de Romances de Época, fiquei curiosa para saber que revelação bombástica é esse. Sem falar que uma boa escrita estimula muito a leitura.
    Adorei a dica.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  12. Pela sua resenha percebi que esse livro é aqueles romances bem previsíveis neh? infelizmente eu não curto esse gênero e vou deixar passar a dica dessa vez!
    bj

    ResponderExcluir
  13. Olá!

    Eu não conhecia nem o livro nem a autora.
    Eu gosto muito de romance de época, mas eu não sei se leria esse por conta dessa divisão de partes. Mesmo sendo necessário contar tudo o que veio após o casamento, eu meio que perco o interesse quando a trama fica em torno do casal... Talvez não seja nada disso e eu até goste, mas a primeira impressão que tenho é essa.
    A capa eu não gostei não, o casal parece ser cosplay, não da veracidade a época...

    Bjus
    Blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
  14. Oi, Pamella! Tudo bem?
    Fico feliz em saber que você gostou deste livro, pois já tinha lido uma resenha sobre ele antes da sua que era bastante negativa. Não tenho muito interesse em ler a história, pois não faz muito o meu gênero. A personalidade da protagonista também não me agradou muito, então deixarei a sugestão passar desta vez. Mesmo assim, obrigada pela dica. Sua resenha ficou ótima! Beijos. ^-^

    ResponderExcluir
  15. Oi Pamella, sabe que já ouvi falarem bastante desse livro e fico feliz que você tenha gostado. Eu estou lendo meu primeiro romance de época e estou amando, quem sabe vou em seguida para esse, né? pelo seu ponto de vista eu tenho certeza que vou adorar!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  16. Oie! Essa é a segunda resenha que leio da obra, mas a primeira foi tão negativa que perdi totalmente a vontade de conhecer o enredo. A época em que se passa a história parece ser bem interessante, considerando o que se pode usar a favor da trama, mas isso não foi o suficiente para atrair a minha atenção. Eu achei a capa um tanto bizarra, mas fico feliz em saber que a leitura lhe agradou.

    Beijos,
    Fernanda Goulart.

    ResponderExcluir
  17. Oi!
    Eu já tinha lido alguns comentários sobre esse livro e como gosto de romances de época já fiquei curiosa. Acho que também me irritaria com a protagonista quando ela se põe e ao filho em perigo por causa do marido. Colocar uma criança em perigo é demais, não tem nada de coragem.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Acho a capa desse livro bastante artificial, há algo nela que não convence muito. Geralmente, eu gosto muito de romances de época, e só por isso eu já ficaria quedada a dar uma chance a essa leitura. fiquei muito curiosa pelas revelações bombásticas no final. Anotei a dica, lerei assim que tiver oportunidade.

    Tatiana

    ResponderExcluir
  19. Já tinha visto esse livro e por aí e não me interessei por conta do gênero e a premissa não ter nada que me desperte a curiosidade. Mas que bom que entre as ressalvas (que te entendi totalmente) foi uma leitura boa para você, uma história com grandes revelações no final e bons personagens.

    http://deiumjeito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Olá!
    Não conhecia o livro e gostei da premissa, no momento estou louca por romances de época rs' também fico louca com essas personagens tolas, que não seguem o conselho do marido rs' ainda mais em um momento de perigo! Fiquei curiosa para conhecer essa história.

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Ooi
    Ótima resenha!
    Eu tenho um certo receio por romances de época , então não seria um livro que compraria e primeira. Mas leria para sair da zona de conforto haha
    Beijoos!
    www.estantemineira.blogspot.com

    ResponderExcluir