31 maio 2016

Resenha: Amor de Cordel - Andrea Marques


Título: Amor de Cordel
Autora: Andrea Marques
Editora: Pandorga
Número de Páginas: 400
Ano de Lançamento: 2016
Livro cedido em parceria com Lilian Comunica Assessoria de Imprensa e Editorial.

Sinopse:
Aos 38 anos de idade, Carolina Borges achava que tinha a vida perfeita. Casada com Miguel, era feliz mesmo sem ter realizado o sonho da maternidade. No entanto, a convivência com o marido e seu bom desempenho profissional a deixavam satisfeita e segura. O destino lhe prega uma peça e, sem esperar, ela vê sua vida se modificar significativamente. Seu casamento chega ao fim, e sua carreira como terapeuta ocupacional, que sempre lhe proporcionou alegrias, passa a torturá-la. Isso acontece quando o jovem arquiteto Alexandre Bastos entra em seu consultório pela primeira vez, despertando em Carol sentimentos conflituosos que a farão repensar seus valores e a obrigarão a sair de sua zona de conforto para se arriscar em terrenos desconhecidos que poderão colocar em risco sua própria vida. Permeado por traições e intrigas, Amor de cordel é um romance contemporâneo que traz à tona assuntos do universo feminino, além de despertar a paixão até nas mulheres mais modernas e independentes.
Crítica:

Em Amor de Cordel conhecemos Carolina Borges, uma Terapeuta Ocupacional de 38 anos que acaba de se separar do marido que admitiu estar apaixonado por outra e pediu a separação. Arrasada Carol tenta recomeçar a vida e superar a separação. Com o dinheiro do antigo apartamento, que ela é Miguel (seu ex-marido) concordaram em vender e repartir o dinheiro, ela compra um outro apartamento e começa a vida do zero. Tenta se ocupar com a academia, começando a fazer uma aula de Ballet para adultos e faz amizades em seu prédio novo.

Carol trabalha em dois lugares, um deles um hospital público e o outro uma clínica particular. Nesta clínica seu chefe direciona para ela um amigo que sofreu acidente de moto e ele recomenda a Terapia Ocupacional para que ele melhore a mão que está machucada. Até aí, tudo bem. O que Carolina não contava é que este amigo seria o bonitão Alexandre Bastos de 27 anos... loiro, olhos verdes cor de Jade, alto, malhado... Um deus grego não é mesmo? Além de toda essa beleza, ele é super educado, cavalheiro, culto e atencioso, o que desperta mais ainda o interesse de Carol. Porém, ela tenta se conter ao máximo, afinal ele é seu paciente e além disso ela acha impossível que eles possam dar certo já que ele é mais novo e de uma classe social bem mais alta que a dela. É claro que depois de tanto relutar, ela acaba não resistindo as investidas de Alexandre e quando seu tratamento está acabando eles acabam ficando juntos. Mas é como dizem... Felicidade atrai inveja e não vai demorar muito para que algumas pessoas queiram destruir a felicidade dos dois, resta saber se os dois conseguirão sobreviver bem a tudo isso.

Bom, é muito amor por esse livro para conseguir descrever em palavras, mas tentarei. A primeira olhada para o livro as pessoas podem achar que é apenas mais um livro de romance, mas é muito mais do que isso. Aprendi muito com o livro, principalmente sobre Terapia Ocupacional. Confesso, com muita vergonha, que eu achava que era apenas uma atividade que faziam com pessoas idosas para as ocupar mesmo... tipo artesanato e outras artes. Eu estava muito enganada o tempo todo. Terapia Ocupacional pode ter as mesmas atribuições que a fisioterapia, porém com a diferença que busca fazer com o paciente tenha melhorias para facilitar seu dia a dia, sem contar nas adaptações que podem fazer para que pessoa com dificuldades motoras possam se "virar" sozinhas. Adorei também conhecer diversas estórias sobre pessoas que fizeram TO, que eu acredito que sejam baseadas em fatos reais.

Gostei muito do romance construído entre Carolina e Alexandre, pois não foi aquela coisa chata e forçada em que a mocinha joga tudo pro alto e se joga nos braços do mocinho bonitão. Carol tem lutas internas com o que acha certo e errado e isso faz com que demorem a ficar juntos devido a sua ética profissional. Entretanto me irritou muito, várias vezes, a insistência de Carol em não poder se casar com Alexandre porque ela não lhe daria filhos e ele iria querer isso, etc. Eu esperava que até o fim do livro ela teria superado isso, mas parece que não. Alexandre por sua vez nunca havia se apaixonado e é completamente louco por Carolina e isso é visível para todo mundo, menos para ela. Ele faz todas as suas vontades e até tenta adivinhar pensamentos se possível e tudo o que mais quer é se casar com ela.

Simplesmente amei os personagens Gustavo e Lucas, que foram os vizinhos de Carol e melhores amigos dela nessa trama toda. Eles sempre estavam certos e tinham os conselhos certos para dar, mas é claro que nem sempre ela escutou, e o amor dos dois também é muito lindo e inegável.

Adorei como o livro se desenvolveu, eu realizei a leitura de maneira lenta, não que o livro estivesse chato, mas parece que todas as informações e acontecimentos vão se impregnando aos poucos em você e da mesma maneira você vai digerindo aquelas informações. Achei também que a autora foi bem coerente a vida real não deixando nada estranho ou que possa ser questionado. A diagramação deste livro é muito linda e estou apaixonada pelos detalhes no início de cada capítulo. A letra é de certa forma pequena, mas nada que seja impossível de ler e a folha amarelada deixou a leitura fácil também. Encontrei apenas dois erros de escrita, mas coisa pequena e que não afetou em nada minha leitura. E nem preciso dizer que amei esta capa linda que me encantou profundamente.
Escolhi essa foto, pois, apesar de ser um momento muito conturbado da minha vida pessoal devido à separação, ela também mostra que é possível sorrir e esquecer um pouco das próprias dores quando se olha para a felicidade de quem amamos. - Pág. 26
Fui para casa pensando em como as pessoas podem ser tão interesseiras em alguns momentos e se deixar levar pelo próprio egoísmo e não pensar nos sentimentos dos outros. - Pág. 78
Suspirei e vários sentimentos se misturaram no meu peito... a Alegria pelas suas palavras, o amor desmedido que sentia por ele, o receio pelo fim inevitável, a dor que essa perda me traria... mas não falei a respeito, apenas beijei-lhe os lábios [...] - Pág. 222

Nota:
Comentários
7 Comentários

7 comentários:

  1. Oi Pamela! Como este livro tem sido bem falado na internet! cada dia leio uma resenha positiva sobre ele. Que bom, isso só me dá mais vontade de ler.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Oiii Pamella, tudo bem?
    Menina eu morro de vontade de ler essa obra diante da qualidade e do tema que ele aborda em algumas situações, confesso que em alguns momentos pensei será que devo ler? Por causa do sentimentalismo que possa ocorrer, anotei a dica.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. a capa do livro realmente é bonita, mas a premissa em si não me chamou a atenção... não curto romances, e apesar das várias resenhas positivas que venho lendo sobre a obra, não vou me aventurar pela trama... tem vários pontos clichês que me incomodam também, então... =T
    bjs...

    ResponderExcluir
  4. Nossa, achei a história do livro muito parecida com a que li em 'Restos de nós'. Acho interessante quando os livros mostram essa perspectiva de o personagem começar a vida do zero. Gostei muito da sua resenha e talvez um dia eu leia (quando a lista do vou ler diminuir um pouquinho, eu o leia)! Beijo

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bem?

    Pelo sinopse e começo da sua resenha, o livro não me atraiu muito, não. A capa tá muito lindinha, entretanto. Fui lendo sua resenha e, no fim, até me convenceu :)
    Masss estou deixando esse tipo de livro para depois, pois estou num processo diferente de leitura, no momento. Estou mais a fim de narrativas existencialistas e mais profundas.

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Ei Pamella,
    Pela capa achei que fosse poemas rs.
    Gostei das suas observações sobre o livro e pelo visto a história parece muito bonita.Nunca li um livro que o personagem trabalhasse com terapia ocupacional, é uma área que não conheço muito e seria legal conhecer por meio desse livro.

    Jéssica
    Coração Leitor

    ResponderExcluir
  7. Olá tenho acompanhado diversos comentários positivos a respeito dessa obra e isso faz com que meu interesse aumente. vou anotar a dica para ler futuramente...parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir