07 maio 2016

Semana de Divulgação dos Escritores Nacionais - Dia 7

Hello Cults!

E hoje vamos para o Dia 7 da Semana de Divulgação dos Escritores Nacionais, organizado pelo Blog Não Leia. E este é o último dia da semana... Sim... A Semana esta acabando, mas foi bom enquanto durou não foi? Agora conhecemos vários escritores Brasileiros que não conhecíamos antes. Mas não parem por aí, de agora em diante deem mais oportunidade para outros autores nacionais e vamos assim valorizar nossa maravilhosa literatura. Então, estão prontos para ir para nosso último dia? Let's go!

Lorena Silva dos Santos


Lorena Silva tem 24 anos e é estudante do curso de Letras da Faculdade Santa Fé. A escrita surgiu em sua vida como uma forma de conversar consigo mesma até tornar-se uma paixão. Escreve desde os 10 anos, quando numa atividade de escola foi pedido que escrevesse uma biografia de sua família. Desde então, aventura-se pelo mundo da prosa, escrevendo ficção, crônicas e contos. Mantém um blog há quatro anos, onde escreve sobre cinema, livros, música e publica textos de sua autoria. Maranhense natural da cidade de São Luís, reside atualmente com a mãe, um cachorro e muitos livros. “La Lune” é seu primeiro livro publicado. 

Redes Sociais da Escritora: Facebook - Página do Livro - Twitter - Blog - Wattpad

Sinopse:

"Seraphine leva uma vida dupla. À noite é a principal dançarina do “La Lune”, um famoso clube Noturno que fica no centro da cidade e durante o dia, é uma quieta e introspectiva jovem vivendo num apartamento com um gato e alguns livros. Jovem, bonita e talentosa, a estrela do “La Lune” é alvo de uma evidente paixão por parte de Adrian, seu protetor e chefe e também da inveja de Lara Lovely, uma companheira dos palcos que não perde a oportunidade de atazaná-la pelos corredores do clube. Sua vida começa a mudar quando, Ian, um estudante de psicologia inteligente e amigável, muda-se para o apartamento diante do seu e começa aos poucos a transpor a barreira de quietude e rotina em que Seraphine vive oferecendo a ela sua amizade e apoio, ficando ao lado dela mesmo quando um segredo antigo começa a revelar a estranha natureza das pessoas ao seu redor fazendo-a perceber que nada afinal, é o que aparenta"

Jéssica Cruz

Jessica, 17 anos, leonina com ascendente em áries, lésbica, wiccan, admiradora das estrelas, apaixonada por praias e futura estudante de Cinema. Gosto de escrever para um público não muito atingido, em geral para lésbicas/mulheres negras, e adoro trabalhar com o oculto. Misturo vários gêneros e extraio o melhor de cada um.

Redes Sociais da Escritora: Twitter - Ask - Tumblr - Facebook

Sinopse:

As mais antigas histórias nunca retratam mulheres que amavam outras mulheres. É possível ver nas mitologias, onde sempre retratavam homossexualidade da parte masculina, mas nunca da feminina. A sexualidade da mulher - quase sempre considerada profana - era deixada de lado, tanto quanto seu prazer. Mas isso não fez com que não existissem. Selene caminha para essa descoberta: um sentimento que nunca ouvira falar. Seus conhecimentos adquiridos em sua religião - tão demonizada pelos inquisidores - não se resumem apenas às ervas curativas, botânica, ciclos ou energias - mas também a sua sexualidade, que nunca fora citada antes, e sequer pensada ou questionada. Descobre ser capaz de amar outra mulher com toda sua alma. No auge da adolescência, partilha dos conhecimentos sagrados passados por gerações e descobre que o amor pode florescer até mesmo em locais tão diferentes, como no corpo de outra mulher. Apaixonem-se por Selene e Aradia, em uma história tão sensual quanto misteriosa. Por Venus.

Rafael Dourado


Tenho 22 anos, formado em Gastronomia, estudante de engenharia civil, apaixonado por livros, romances, filmes, séries e musicais. Escrevo sobre pessoas normais que podem ter romances incríveis.

Redes Sociais do Escritor: Facebook - Twitter - Instagram - Snapchat (rafaeldourado16)

Sinopse:

Existem dias que simplesmente nada dá certo e o simples fato de levantar da cama nos leva a uma série de acontecimentos desagradáveis. Tess sabia disso, ela tinha perdido o horário no único dia que não poderia se atrasar. Para piorar, seu carro não pegava de forma alguma e completando o pacote de azar, não tinha dinheiro suficiente para um táxi; o metrô era sua única opção. O que ela não sabia é que as vezes, nossas melhores chances vêm embrulhadas em um grande pacote de problemas.

Elton da Fontoura


Escritor é pseudônimo. Sou lapidador de frases, o conceito mais apropriado. Sou muito meticuloso, e transformo meus livros em esculturas. Após concluir a narrativa, fico em volta, aprimorando, revisando, lapidando. Perfeição não existe, mas tento me aproximar dela. Escrevo exclusivamente Brasil. Nosso país é repleto de histórias, belezas e sotaques. 

Rede Social do Escritor: Facebook

Sinopse:

Gênio da Rua 1. No prólogo da estória, uma renomada artista plástica, suicida-se. Apesar de morta, Ketlin, a artista, deixa heranças até as últimas páginas. Oto, o Delegado, cismado, encontra rastros de raciocínio, ao farejar as entranhas da finada herança. Um dos oito ovos desaparecidos de Fabergé, o Querubim e Carruagem, foi encontrado no interior de uma pequena embarcação naufragada. O nativo descobridor o enterrou, não sabendo o que fazer com aquele valioso tesouro. Ao invés de um mapa, esboça um curioso enigma destinado à sua herdeira, sem prever que em breve, eles se encontrariam em outra dimensão. Calisto, o principal protagonista, um ateu não praticante, torna-se o Gênio de Rua, um super-herói incomum. Sua missão? Salvar os sonhos, dispondo de um só poder. Sua paixão, Quiara, está misteriosamente desaparecida. Quando desvenda o mistério, e sai ao encontro dela, percebe a verdadeira distância. Surgem do além e aquém, tutores espirituais na estrada de Calisto. Lá pelas tantas, o ateu se vê diante do mundo dos mortos. Na vizinha Estação Ecológica de Taim, Samuel Antony, presidente da S.A. Ltda. e Ketlin, a finada artista, anos atrás, encontraram uma clandestina mina de Nióbio. O Brasil é detentor de 98% deste minério na escala mundial, sendo o único exportador. Mas o crime que ocorre em Minas Gerais, Roraima, Goiás e Amazonas, com a conivência do governo federal, também em Taim é praticado.
Gênio de Rua 2, O Filme de Letras Continua, reinicia com a deportação de Artur Girau de Medeiros, autointitulado Zabelê, para Juazeiro do Norte, sua terra natal. Irá cumprir dezessete anos de prisão em regime fechado. Foi o único condenado no julgamento do Crime do Nióbio. A justiça desta vez, não foi totalmente injusta! Já na condição de presidiário, ele recebe a visita da obcecada Joá, linda empresária que alimenta por ele, um amor doentio, como se fosse um deus. Inconformada, ela planeja um sumiço cinematográfico que irá transportar Artur, seu Moreco, para bem longe daquela penitenciária. Porém, o destino foi muito além do esperado, e a partir do plano de fuga, a história segue por atalhos que na prática, eram os únicos caminhos. Enquanto fatos se sucedem no Nordeste do Brasil, no Sul, o Gênio de Rua desbrava sua obscura senda de herói. Muitos acontecimentos simultâneos e paralelos vagam por direções inversas, e uma caverna secular, afunila a história. Personagens remanescentes e totalmente desconhecidos, se envolvem em um enredo de amor, crenças, delitos e dimensões aquém do além! O Filme de Letras Continua ainda mais envolvente. Mas este entrevero, essa diversificada trama de fatos, serão heterogêneas, ou a umidade dos pampas gaúchos irá se misturar lá diante com o árido sertão nordestino?
Onde Comprar: Livro 1 e Livro 2

Willian Cabral

William Cabral. Nasceu em 1997, no estado brasileiro do Rio de Janeiro. Escritor, palestrante motivacional e consultor de carreira, William é um homem com a mente voltada para a atualidade e o olhar para o futuro, mas a imaginação permanece nos reinos do passado. Atualmente mora na cidade de Teresopolis onde se dedica as pessoas e a literatura. 

Redes Sociais do Escritor: Facebook (William Cabral) - Instagram

Sinopse:

O livro conta a história de um adolescente chamado Arthur, ele se muda para uma nova cidade junto com seu pai, Dário, lá ele conhece uma misteriosa garota que trabalha em sua nova escola. Os dois se apaixonam, ficam juntos, tudo vai as mil maravilhas, até que a perversa Aghata sequestra Luma e Dário. Arthur então embarca em uma misteriosa, estranha e empolgante jornada em busca de seu pai, de seu amor e da lótus roubada.
Onde Comprar: Editora Autografia ou com o Autor 

Sérgio Carmach


Escritor carioca, autor de "Para Sempre Ana", livro indicado na categoria "melhor romance" do Prêmio Literário Codex de Ouro 2013. É também videomaker e revisor de textos.

Redes Sociais do Escritor: Twitter - Facebook

Sinopse:
Em meio a uma tumultuada história de amor e ódio, aquela mulher enigmática desapareceu. A trama não é simples. Vem atravessando as décadas; envolve muitos personagens, romances, conflitos... O sumiço de Ana é mais uma pedra calçando essa longa estrada feita de segredos e mistérios.

Ricardo Tagliaferro


Nascido em 1992 em Pindamonhangaba, interior de São Paulo, aos 19 anos começou a viajar e conhecer muitas histórias e surgiu-lhe a vontade de conta-las. É fascinado por História do Brasil e 2° Guerra mundial, cursou Marketing entre os anos de 2012 e 2014, em março de 2015 assinou contrato com a editora Autografia tendo seu primeiro romance “100 cartas de uma saudade” lançado em dezembro do mesmo Em 2016 prepara o lançamento de “18 Anos de Solidão” que dá continuidade ao primeiro. 

Redes Sociais do Escritor: Facebook - Skoob - Site - Twitter

Sinopse:

O que aconteceria se teu ar lhe fosse tirado? O que aconteceria se a coisa mais importante da sua vida fosse roubada? O que aconteceria se o amor de sua vida nunca tivesse existido? Um homem destinado a escrever palavras de amor e saudades para alguém que talvez nunca vá ler. Ele simplesmente se vê obrigado a reaprender a viver (...) 100 Cartas de uma saudade relata a historia de um jovem rapaz que tenta lidar com o frio da serra gaúcha, a falta de imunidade e a pior de todas as saudades: A do amor de sua vida. Um livro que mostra que nem todas as cartas de amor são clichês e que nem todos que se vão, tem a oportunidade de voltar a tempo.

Lucas Dias


De 1997. Tenho uma enorme dificuldade em me descrever. Acredito que as facetas secretas dos meus personagens façam isso com mais eficiência do que eu.

Redes Sociais do Escritor: Instagram - Twitter
Sinopse: 

Clara, Lucas e Mariá são pessoas completamente diferentes que desfrutam da mesma água. Clara não consegue lidar consigo mesma, muito menos com outras pessoas, pelo fato de estar insatisfeita, infeliz com o próprio corpo. Lucas não sabe o que ele pode fazer de bom e escreve uma história na tentativa de descobrir sua vocação. Mariá não sabe se, ao voltar para casa, vai encontrar seus familiares vivos. Das divergências nasce, num lugar só, a união feito sargaço. Vidas em busca de leveza, descarregando as energias num mesmo mar.
Sinopse:

Um adolescente completamente frustrado e alienado nas redes sociais muda-se de Potinópolis, cidade do interior (quase um pedaço de terra isolado do mundo), para São Paulo: extremamente vasto. De malas cheias, segue sempre o fluxo da Avenida Paulista, onde tudo acontece. É esse lugar de encontros e desencontros que esbarra em uma mendiga que, por mais que pareça ser como as outras, tem uma peculiaridade: descobre a poesia e o amor dentro da figura mais pobre e humilde que já tinha visto.


E... acabou. Então é isso Cults, com essa postagem finalizamos a Semana de Divulgação dos Escritores Nacionais. Espero que tenham gostado de conhecer todos os autores que passaram por aqui e que essas postagens tenham sido de grande ajuda para que possam nota-los. Vamos valorizar nossa literatura, dar espaço para nossos escritores, enaltecer suas obras e ajudar a esse mercado crescer no Brasil não só com os autores internacionais. Adorei participar dessa semana e conhecer todas essas obras maravilhosas. Me contem o que acharam e expressem as opiniões de vocês!

Beijinhos e Até a Próxima!


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário