09 julho 2016

[Evento] 3ª Tarde Literária da Editora Illuminare




Hello Cults!

Hoje venho aqui para divulgar um super evento que esta para acontecer e onde nossa parceira Nuccia De Cicco será anfitriã. Vai ter bate-papo com autores, apresentação de livros, lançamentos, sessão de autógrafos, sessão de fotos, distribuição de brindes e sorteio de mais de 10 livros com kit de mimos literários.

Informações Gerais

Data: 16/07/2016
Horário: 14hs às 17hs
Local: Centro Cultural Laurinda Santos Lobo
Rua Monte Alegre, 306, Santa Teresa, RJ.
Evento no Facebook  

Programação

Lançamento das antologias:
1. Meu Lado Sombrio - contos de terror
2. Segunda Guerra Mundial - contos históricos
3. Mosaicos - sonetos e poesias
4. Perdoe-me! - contos dramáticos (com o conto “Depois do Jantar” de Nuccia De Cicco)

Pré-lançamento do livro da jornalista Mayara Barros
"Caleidoscópio" - uma coletânea de contos com sentimentos e fantasias com sessão de autógrafos.

Sessão de autógrafos com a escritora Nuccia De Cicco e seu livro "Pérolas da Minha Surdez" - um livro autobiográfico que conta uma história de superação.

Apresentação do autor e pesquisador literário Tito Prates, autoridade máxima a nível nacional sobre vida e obra de Agatha Christie. Ele dará uma breve explanação sobre seu próximo livro "Agatha Christie From My Heart" - única biografia em língua portuguesa da Rainha do Crime - que será publicada pela Editora Illuminare.

Leitura de poesias com o poeta Marcio Muniz.

Mesa-redonda sobre literatura e leitura com 5 grandes nomes da nossa literatura nacional. 

Sobre o Conto 'Depois do Jantar

Gênero: Drama

Sinopse: 
Toda família tem um segredo. Mas o segredo de Matilde é conhecido por todos os vizinhos. Ela culpava sua beleza, agora já perdida, por estar naquela vida. Mas naquela noite, sentia-se contente: iria acabar com os onze anos de dor e humilhação impostas pelo marido Roberto a ela e sua filha Isabela.
 Algumas quotes do conto:
Antônia abriu a boca para xingar a vizinha de volta. “Merda sertaneja, vê se pode!”... E então olhou para o relógio: já passava das oito da noite. Roberto, seu vizinho e marido de Matilde, iria chegar em vinte minutos. Todos na rua sabiam o horário em que ele chegava em casa. Todos também sabiam o que acontecia depois disso. Era melhor deixar a mulher aproveitar a novela dela.
Roberto lembrou-se que gracinha era a filha se arrumando para dormir. Tão bonitinha, tão ajeitadinha. (...)Agora, ela só tinha onze anos, mas ele já percebia que seria uma mulherona. Pensava nos homens sujos que iriam usá-la, que iriam passar a mão no meio de suas pernas e sentia uma raiva tremenda. “Ela era sua filha! Era dele!”
Quando o marido abre a porta, tropeçando para dentro de casa, Matilde está com um olhar desfocado voltado para a TV ligada já sem volume, como ele exigia. Ela olhou para sua filha, ainda na mesa. A criança estava paralisada de terror: ele chegara e ela ainda estava lutando com os deveres de matemática.

Sobre o livro 'Pérolas da Minha Surdez'






Título: Pérolas da minha surdez
Autora:
Nuccia De Cicco
Editora:
wwlivros
Número de Páginas:
122
Ano de Lançamento:
2016

Sinopse:

Música, buzina, despertador e então... silêncio. Como se acostumar a não ter som e precisar aprender a se comunicar novamente?
As pessoas dizem verdadeiras pérolas sobre surdez, pois a maioria desconhece o assunto. Não compreendem o que é lidar com a ausência de um sentido tão importante, algo que sempre teve, sempre fez parte da sua vida, até o perder. E, então, ter de reinventar todas as suas verdades.
Nesta obra, a autora narra experiências de sua vida após o diagnóstico de surdez total irreversível, buscando ampliar o (re)conhecimento sobre o tema na sociedade. São histórias singulares, divertidas e complicadas, sobre paixões, curiosidades, tecnologias, preconceito, aprendizado e, principalmente, luta e força de vontade.
Um livro que trilha o caminho em direção dos que almejam encontrar respeito aceitação e voz.
 Algumas Quotes do livro:

Como é se acostumar a não ter som? Como é aprender a se comunicar de novo? Como é ficar surda, estar surda e não conseguir ser surda? -Pág. 11
É impossível para alguém compreender a ausência de um sentido que sempre teve, faz parte da sua via e do seu dia a dia. Até o perder. Aí, vira algo que não sabe se vai recuperar, precisa esquecer e se adaptar, e da qual sente saudades. Todos os dias. -Pág. 13  
Tumor é um treco silencioso. Não é como a gripe que já chega te ferrando, dando sinais febris ou entupindo seu nariz. Tumor trabalha na calada do seu organismo. E quando você descobre, invariavelmente é muito tarde para tentar consertar, não importa se é benigno ou maligno. Adiciona-se a isso um monte de compromissos estudantis, desculpas esfarrapadas sobre amor eterno, teimosia e negligência, e então temos um quadro de surdez irreversível. - Pág. 19 
Devem estar se perguntando por que aceitei tudo numa boa. O que eu fiz, na verdade, foi "não fazer". Não me questionei sobre os resultados, não fui atrás de outra opinião médica, não fiz novos exames. Não pensei em mais nada que não fosse faculdade e casamento. E, obviamente, me estrepei em tudo. -Pág. 22 e 23.
 Saudade é um sentimento lindo, mas também é uma amarra ao passado, fazendo com que você não olhe adiante. - Pág. 34

Bom, é isso aí! Se você mora no Rio de Janeiro ou se vai estar por perto no dia, não deixe de marcar sua presença por lá e prestigiar a linda da Nuccia e conhecer suas obras. Eu adoraria estar no evento, mas como moro longe...

Beijinhos e Até a Próxima!
Comentários
1 Comentários

Um comentário:

  1. Oi, Pamella!!!
    Seu blog é sempre lindo e cult (sem trocadilhos) rs!! Obrigada pelo apoio, carinho e dedicação! <3
    um beijo!

    ResponderExcluir