10 novembro 2016

Resenha: Bruxa da Noite - Nora Roberts


Título: Bruxa da Noite
Autora: Nora Roberts
Editora: Arqueiro
Ano de Lançamento: 2015
Número de Páginas: 320

Sinopse:
De uma das autoras mais queridas do mundo chega uma trilogia sobre a terra a que nos conectamos, a família que guardamos no coração e as pessoas que desejamos amar...
Com pais indiferentes, Iona Sheehan cresceu ansiando por carinho e aceitação. Com a avó materna, descobriu onde encontrar as duas coisas: numa terra de florestas exuberantes, lagos deslumbrantes e lendas centenárias – a Irlanda.
Mais precisamente no Condado de Mayo, onde o sangue e a magia de seus ancestrais atravessam gerações – e onde seu destino a espera. Iona chega à Irlanda sem nada além das orientações da avó, um otimismo sem fim e um talento inato para lidar com cavalos. Perto do encantador castelo onde ficará hospedada por uma semana, encontra a casa de seus primos Branna e Connor O’Dwyer, que a recebem de braços abertos em sua vida e em seu lar.
Quando arruma emprego nos estábulos locais, Iona conhece o dono do lugar, Boyle McGrath. Uma mistura de caubói, pirata e cavaleiro tribal, ele reúne três de suas maiores fantasias num único pacote.
Iona logo percebe que ali pode construir seu lar e ter a vida que sempre quis, mesmo que isso implique se apaixonar perdidamente pelo chefe. Mas as coisas não são tão perfeitas quanto parecem. Um antigo demônio que há muitos séculos ronda a família de Iona precisa ser derrotado.
Agora parentes e amigos vão brigar uns com os outros – e uns pelos outros – para manter viva a chama da esperança e do amor.
Crítica:

Em Bruxa da Noite, somos inicialmente apresentados a Iona Sheenan. Iona tem descendência Irlandesa e uma lenda sobre Sorcha, A Bruxa da Noite, cerca sua família. Sua família sofre de uma maldição, onde os descendentes de Sorcha precisam se reunir para destruir Cabhan um terrível e temido bruxo das trevas. Três são os escolhidos para tal feito, e mesmo que não consigam sempre mais três virão para tentar. Iona é uma das escolhidas e foi para a Irlanda em busca do seu passado, o amor que não teve de sua família e se reunir com seus primos Branna e Connor.

Ao chegar em seu destino Iona vai logo procurar os primos. Branna consegue um emprego para ela nos estábulos do castelo (que serve de hotel), já que Iona tem grande aptidão com cavalos e pode até mesmo se comunicar com eles. Terminando sua estadia no hotel ela vai morar com os primos e intensifica seu treinamento para estar pronta para enfrentar Cabhan e se defender. No meio disso tudo acaba se envolvendo com Boyle, um de seus chefes no estábulo, amigo de seus primos e conhecedor da batalha que eles precisam enfrentar. Todos eles formam um círculo juntamente com Meara, melhor amiga de Branna, e Fin que é descendente de Cabhan e quer ajudar a derrota-lo. 

Iona encontra o que mais queria, uma família, amor e aceitação. E cada vez mais que imerge na cultura e no mundo do lugar de suas raízes, mais ela compreende a si mesma e o seu destino.

O que falar desse livro que ganhou meu coração logo nas primeiras páginas com Sorcha? Quem acompanha o blog, sabe que meu mais recente xodózinho é o livro A Filha da Floresta da Trilogia Sevenwaters, e que esse livro trás mitologia celta e a antiga Irlanda. E foi um universo como esse que eu encontrei ao início de Bruxa da Noite. Sem contar que ter o nome Sorcha foi um ponto a mais para que eu gostasse. O universo fantástico criado por Nora Roberts é surpreende. A estória é muito bem estruturada e super envolvente. E ao fim já te deixa com aquele gostinho de "PRECISO LER O PRÓXIMO LIVRO URGENTEMENTE!".

Este foi o primeiro livro completo que li da autora e já estou completamente apaixonada por sua escrita. Pretendo agora ler muitos livros dela, se o meu bolso assim permitir. O romance vem de forma leve e envolvente, e não atrapalha de maneira alguma o desenvolvimento da estória de fundo. Senti como se estivesse tudo na dosagem certa.

A capa do livro é simples, porém muito bonita e condizente. Adorei a diagramação e as folhas amareladas. A qualidade do livro entregue pela Editora Arqueiro é inquestionável. Se você gosta de fantasia e aventuras assim, eu super recomendo a leitura. 

Nota: 

Feliz por poder mostrar algo, Iona deu um passo à frente. Acalmou sua respiração, concentrou-se e se imaginou absorvendo o poder e depois o liberando em um longo e tranquilo sopro. - Pág. 86
À luz brilhante da cozinha, com cheiros os cheiros quentes, a música rápida e as risadas, nem Boyle nem qualquer um dos outros viram a sombra que, do lado de fora da janela salpicada de chuva, os observava. E os odiava. - Pág. 159
Comentários
2 Comentários

2 comentários: